elevacaodassobrancelhas

A cirurgia de elevação das sobrancelhas ou lifting das sobrancelhas consiste na elevação e reposicionamento das mesmas, podendo ser realizada por diversas técnicas, que diferem nas vias de acesso e objetivos.

Após a devida avaliação, as melhores opções serão discutidas com o paciente, e podem ir de tratamentos não-cirúrgicos, como por exemplo a injeção de toxina botulínica, até a cirurgia propriamente dita.

A programação da cirurgia varia dependendo do grau de ptose dos supercílios, não existindo faixa etária padrão para a indicação do procedimento.

A grande maioria das vezes o procedimento é realizado sob anestesia local associado a sedação intravenosa e o paciente recebe alta hospitalar no mesmo dia da cirurgia.

O planejamento do ato cirúrgico varia na dependência da técnica pretendida. O lifiting de supercílios pode ser realizado através de acessos no couro cabeludo, nas pálpebras superiores ou rentes ao próprio supercílio.

O tratamento completo poderá incluir ressecções, reposicionamentos musculares e de pele, fixações com fios, parafusos cirúrgicos e/ou outros dispositivos. Diferentes tipos de trações teciduais podem ser realizadas com o intuito de reposicionar os supercílios.

O procedimento é muito seguro e apresenta índices muito baixos de complicações. Entre as possíveis complicações, podemos citar: sangramento; hematoma; infecção; cicatrização ruim; alterações de sensibilidade; assimetrias; inchaço prolongado; dor; reação / rejeição aos produtos utilizados e a necessidade eventual de novo procedimento cirúrgico (retoque).

A cirurgia não anulará os efeitos da gravidade ou o processo de envelhecimento natural, ao longo dos anos, que levam à frouxidão e consequente descenso gradativo dos tecidos.

 

FONTE: http://www2.cirurgiaplastica.org.br/cirurgias-e-procedimentos/face/lifting-de-sobrancelhas/