ginecomastia

Ginecomastia é o crescimento de mamas de tamanho fora do normal em homens. Ao contrário do que muitos podem pensar, este problema é resultante da hipertrofia das glândulas mamárias e não ao excesso de gordura. Em alguns casos podem coexistir os dois problemas. A ginecomastia pode ocorrer unilateral ou bilateralmente.

A ginecomastia é uma condição comum em homens de qualquer idade, podendo ser resultado de alterações hormonais, condições de hereditariedade, doenças ou a utilização de certas medicações.

O aumento das mamas em homens pode ser extremamente constrangedor, especialmente para adolescentes. A ginecomastia pode causar desconforto emocional e prejudicar a autoconfiança. Alguns homens passam a evitar determinadas atividades físicas e intimidade simplesmente para esconder sua condição.

A cirurgia plástica para corrigir a ginecomastia reduz o tamanho da mama e melhora o contorno do tórax. Em casos graves de ginecomastia, o tecido mamário em excesso pode fazer com que as mamas fiquem flácidas e a aréola alargada. Nestes casos, a posição e o tamanho da aréola podem ser cirurgicamente melhorados e a pele em excesso retirada.

Nos casos em que a ginecomastia é, principalmente, o resultado de excesso de tecido adiposo, somente técnicas de lipoaspiração podem ser utilizadas.

Técnicas de excisão são recomendadas quando devemos remover tecido glandular mamário exuberante para corrigir a ginecomastia. Padrões de incisão variam dependendo das particularidades anatômicas do paciente e da preferência do cirurgião.

Algumas vezes, em casos mistos, a ginecomastia é tratada com lipoaspiração e excisão associadas.

Na maioria dos casos, os resultados finais da redução da mama em homens são permanentes. No entanto, se a causa de base da ginecomastia não for revertida, como por exemplo, a retirada de determinadas medicações ou esteróides, pode haver recidiva da patologia. Todas as cicatrizes são permanentes, mas, podem ser escondidas nos contornos naturais da mama.

 

FONTE PRINCIPAL: http://www2.cirurgiaplastica.org.br/cirurgias-e-procedimentos/mama/ginecomastia/